Pneumática

Pneumática

Dos antigos gregos provém a palavra “pneuma”, que significa fôlego, vento e filosoficamente, alma; derivado desta surgiu o conceito de pneumática.

Foi no século XIX que o estudo do comportamento do ar e de suas características tornou-se sistemático; inicialmente desacreditada, quase sempre por falta de conhecimento e instrução, a pneumática foi finalmente aceite após 1950 e então aproveitada na produção industrial, tornando a sua área de aplicação cada vez maior.

Nota: Entende-se por “ar comprimido” o ar atmosférico compactado por meios mecânicos, confinado em um reservatório, a uma determinada pressão.

A pneumática é também definida como a ciência aplicada do uso do ar comprimido e gases semelhantes como nitrogénio, que faz parte da composição do ar atmosférico, na atuação de dispositivos que irão gerar movimentos alternativos, movimentos de vai-e-vem, rotativos e combinados.

O movimento mais comum da aplicação do ar comprimido com acionamento Muscular, o qual depende exclusivamente da vontade do operador, pode ser observado no mecanismo de abertura da porta de um autocarro. O motorista aciona um botão e a porta do autocarro abre ou fecha. O movimento será invertido ao ser acionado o mesmo botão, acompanhado do ruído de escape de ar, uma das características dos sistemas pneumáticos. Essa técnica pode ser observada em parques de diversão até em sofisticadas máquinas robotizadas.

O que é tecnologia pneumática?

Tecnologia pneumática é o uso do ar comprimido como meio de energia para máquinas e equipamentos.

A4 Tabela pneumat

Atuadores Pneumáticos

Os atuadores pneumáticos são classificados em atuadores lineares que geram movimentos lineares e atuadores rotativos que geram movimentos rotativos.

FERRAMENTAS PNEUMÁTICAS

 O que são ferramentas pneumáticas?

Ferramentas pneumáticas são ferramentas e máquinas que usam o ar comprimido como meio de energia.

Dentro do objetivo desta publicação, são descritas as ferramentas pneumáticas manuais.

Quais são as vantagens das ferramentas pneumáticas?

As vantagens das ferramentas pneumáticas em comparação com as ferramentas elétricas podem ser resumidas nos seguintes atributos:

  • Simplicidade
  • Confiabilidade operacional
  • Segurança no trabalho
  • Proteção contra sobrecarga

O que se entende por simplicidade?

A construção e o funcionamento das ferramentas pneumáticas são muito simples em comparação com

as ferramentas elétricas. Por essa razão, elas são muito robustas e não suscetíveis a falhas. Movimentos lineares podem ser criados diretamente, sem componentes mecânicos elaborados como alavancas,

excêntricos, discos de cames, fusos helicoidais e similares.

O que se entende por confiabilidade operacional?

Mesmo sob grandes variações de temperatura e temperaturas extremas, tal como em ambientes molhados, o ar comprimido trabalha sem problemas. Pode ser igualmente usado sob temperaturas extremamente altas. Vazamentos nas ferramentas pneumáticas e nas tubulações não interferem na segurança nem na operacionalidade da instalação. Equipamentos e componentes pneumáticos geralmente mostram pouco desgaste. Por consequência possuem longa vida útil e baixa taxa de falhas.

O que se entende por segurança no trabalho?

No que se refere a fogo, explosão e riscos elétricos, as ferramentas pneumáticas são muito seguras. Mesmo em áreas sujeitas a incêndio, explosão ou gás metano, as ferramentas pneumáticas podem ser operadas com segurança. Em ambientes molhados ou ao ar livre, as ferramentas pneumáticas também podem ser usadas sem problemas. Equipadas com vedações adequadas, elas podem ser usadas até mesmo debaixo da água.

O que se entende por proteção contra sobrecarga?

Ferramentas pneumáticas e seus elementos operacionais podem ser sobrecarregados até o bloqueio

sem serem danificados. Por isso eles são tidos como à prova de sobrecarga. Ao contrário da rede elétrica, a rede de ar comprimido pode ser sobrecarregada sem hesitação. Se a pressão cair demais, o trabalho excedente não pode ser executado. Mas não há nenhum dano para a rede nem para os elementos operacionais. Como o ar comprimido arrefece ao ser libertado (expandido) durante o consumo, as ferramentas pneumáticas não aquecem.

Quais são as pressões predominantes nos

equipamentos pneumáticos?

Dependendo da aplicação, o ar comprimido é necessário em diferentes níveis de pressão. É feita uma distinção entre as seguintes faixas:

  • Faixa de baixa pressão até 10 bar
  • Faixa de média pressão 10…15 bar
  • Faixa de alta pressão 15…40 bar
  • Faixa de ultra-alta pressão 40…400 bar

Qual faixa de pressão é comumente usada para ferramentas pneumáticas?

Para ferramentas pneumáticas de uso profissional e industrial, a faixa de pressão até 10 bar é a mais usual.

O que significa pressão de trabalho?

Pressão de trabalho é a pressão mínima que precisa estar disponível para os equipamentos conectados. Possíveis perdas por vazamentos e perdas de fluxo devem ser levadas em consideração.

Quais tipos de ferramentas pneumáticas são mais comuns?
No ramo profissional e industrial, são usadas, sobretudo, as ferramentas pneumáticas classificadas nos
seguintes grupos principais:

  • Ferramentas de bico. Estas incluem bicos de sopro, pistolas de pintura e bicos de jato (areia)
  • Ferramentas de impacto. Estas incluem Agrafadores, pregadoras, martelo demolidor, martelo de agulhas
  • Ferramentas rotativas. Estas incluem berbequins, aparafusadoras, lixadoras.

Além disso, existem as ferramentas especiais, como tesouras pneumáticas, tesouras-punção e serras.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *